VISITE TAMBÉM O NOSSO SITE WWW.LABHORMON.COM.BR

Nutrição Personalizada através do seu DNA

-A +A
25 de junho de 2015 | Por: Lab Hormon

Apesar de nossa constituição genética ser fixa, nossa nutrição e estilo de vida podem influenciar a expressão de nossos genes, trazendo modificações em nossas características físicas, morfológicas e fisiológicas. Assim, a dieta personalizada pode ser adaptada ao nosso retrospecto genético e necessidades exclusivas. Em contrapartida, nutrientes e compostos bioativos presentes nos alimentos podem repercutir negativamente na saúde, isso pode ser reduzido, postergado ou mesmo prevenido com a Nutrigenômica. O teste de nutrigenética pode predizer o risco de uma pessoa desenvolver determinada doença ou condição de saúde, e ainda auxiliar o médico ou nutricionista na tomada de decisões terapêuticas ou preventivas.

Nesta análise de mapeamento genético, são identificadas certas alterações, chamados polimorfismos, que interferem na maneira como o corpo responde às atitudes – incluindo o padrão alimentar e o nível de atividade física, todas documentadas na literatura científica. O objetivo do teste é identificar certos fatores genéticos que influenciam o risco do surgimento de doenças crônicas relacionadas à alimentação, como a obesidade, dislipidemias, intolerâncias nutricionais e etc.

Conhecer o perfil genético proporciona a possibilidade de uma abordagem personalizada para reduzir e manter o peso ideal, além de diminuir o risco de algumas doenças multifatoriais influenciadas pela predisposição genética de cada pessoa.

Esses benefícios podem ser atingidos com informações sobre o perfil genético. Assim, é possível otimizar o equilíbrio nutricional da dieta. Conhecer as tendências genéticas pode ajudar a realizar mudanças positivas no cotidiano, promovendo assim, maior qualidade de vida.

Entre os genes testados, alguns podem sugerir maior ou menor risco para o desenvolvimento de doenças. No perfil nutrigenético, encontram-se variações genéticas relacionadas a diferentes condições associadas à alimentação e comportamento alimentar:

  1. Genes associados à obesidade

  2. Regulação do metabolismo lipídico

  3. Risco do desenvolvimento de Diabetes Melitos 2

  4. Hipertensão arterial sistêmica

  5. Metabolismo do folato (vitamina B9)

  6. Metabolismo da vitamina D

  7. Intolerância à lactose

  8. Metabolismo da cafeína

  9. Modulação da resposta inflamatória, estresse oxidativo e desintoxicação

  10. Metabolismo de Vitaminas

  11. Intolerância ao glúten / Doença Celíaca

 

Consulte-nos para mais informações pelo 44333233!

Deixe um comentário


Lab Hormon | Central de Atendimento: 11 4433-3233 www.labhormon.com.br
Agência Digital Pulso